Resenha: Cemitério de Dragões – Legado Ranger I

FB_IMG_1450747662856

Sinopse: Um soldado de elite do exército americano desaparecido em uma missão no Afeganistão. Uma africana guerrilheira crescida em meio a conflitos étnicos de Ruanda. Uma garçonete irlandesa praticante de artes marciais mistas. Um hacker brasileiro descendente de orientais. Um dublê francês mestre em Parkour.
Cinco realidades distintas.
Um fenômeno desconhecido faz cinco pessoas, sem qualquer conexão e espalhadas pelo planeta Terra, acordarem em diferentes regiões de uma realidade devastada por um império de reptilianos e assolada pela escravidão. Os cinco iniciam uma jornada em busca de respostas para sobreviverem no centro de uma guerra envolvendo criaturas fantásticas e demônios dispostos a invocar perigosos seres abissais para servirem a seus propósitos.
Porém uma entidade pretende conectar o destino dos cinco humanos e armá-los com uma tecnologia construída à base de metal-vivo, magia e sangue de dragões. Uma tecnologia jamais vista naquela ou em qualquer outra dimensão, capaz de gerar heróis de metal.
Batalhas empolgantes, romance e magia. Esse é o universo épico de Cemitérios de Dragões, inspirado em uma visão adulta e sombria das antigas séries Tokusatsu, como Jaspion, Changeman, Flashman, Ultraman e tantas outras, que marcaram a infância de toda uma geração.

Cemitérios De Dragões é eletrizante e conta com muita ação, sangue, membros arrancados e, é uma boa indicação para o pessoal que gosta de ação. Alem disso o livro é bem engraçado, o que gera boas risadas ao leitor e também serve para quebrar um pouco a tensão das batalhas presentes no livro.

A obra apresenta criaturas incríveis, bem pensadas e caracterizadas como demônios, anões, trolls, aliens, dragões, os sensacionais draconicos, entre outros. Estes são muito bem descritos e você consegue imaginar exatamente como eles são. O livro também conta com lugares/paisagens bem interessantes e que chamam a atenção dos leitores pela beleza de sua descrição além de armaduras, armas Hi-Tech, lutas sensacionais entre outras coisas que deixam qualquer fã de Power Rangers e Star Wars fascinados.

Além da fantasia, a história toca em assuntos do mundo real como a guerra civil entre os hutus e os tutsi, em Ruanda, de onde veio uma das personagens. Isso, na minha opinião, é um ponto muito positivo pois contribui para a riqueza cultural do leitor. A trama por trás dos personagens principais também é muito forte e contextualizada, o que faz com que o leitor crie laços com estes e também reflita sobre suas vidas, já que muitos casos retratados podem haver ocorrido ou até mesmo vir a ocorrer com os leitores ou até mesmo amigos e familiares de leitores. Entre esses assuntos podemos destacar gravidez indesejada, violência domestica, a convivência com a doença de um ente querido, entre outros.

Além da ação, o romance também esta presente no livro, na medida exata, o que acaba por agradar o publico feminino que gosta de ação mas não deixa de lado aquela essência romântica, porém isso não chega ao ponto de incomodar o público mais hardcore.

Se você, assim como eu, foi fascinado por Power Rangers quando criança, vai adorar esse livro e ira se lembrar muito da série, principalmente das roupas, batalhas, vilões, armas entre outras coisas. Certamente tudo que você assistiu quando criança e que até então parecia sem explicação agora passará a fazer mais sentido com este livro, pois realmente as histórias são bem parecidas.

Confesso que eu estava muito ansioso para ler esse livro, ainda mais por ser do Raphael Draccon, um dos principais representante da literatura fantástica nacional. Consegui terminar muito rápido, mesmo não sendo muito acostumado com leitura, essa obra me tomou por completo e não consegui largar o livro.

FB_IMG_1450747727153

Titulo: Cemitérios De Dragões

Trilogia: Legado Ranger

Autor: Raphael Draccon

Páginas: 352

Editora: Rocco

Comprar: Saraiva, Livraria Cultura e Submarino.

Quero saber o que você achou deste livro e dessa resenha! Deixe seu comentário aqui, pergunta, opinião ou dica, aqui no post, tem também a página do blog no Facebook ou me mande um tweet no Twitter!

Abraços!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *