Descobrindo Os Próprios Estilos

Sempre tive interesse em moda, tendências e o envolvimento da criatividade nelas. Então, comecei a querer entender mais sobre esse assunto, e acabei me envolvendo um pouco com a criatividade. Eu desenhava quase todos os dias, eram mais os estilos de croquis, que são mais focados para a estatura do corpo e a roupa. Há pouco tempo comecei a pesquisar varias coisas sobre moda, no sentido bem amplo mesmo. Tanto que comprei um guia de estilo, que é o livro “A Parisiense”, e estou no comecinho da obra, mas pelo o que li, contém diversas dicas, conselhos e algumas regras universais do bom estilo. E ele será uma das bases para os meus posts sobre moda!

2015-01-16 19.29.46

A primeira coisa que temos que fazer é nos aceitar como somos, com todas as qualidades e falhas, e nos vestir da forma que nos favoreça. E também temos que concordar que ter um certo estilo só para aparecer mais não vai durar, muito menos fazer sucesso. Pensemos que ter O Bom Estilo seja mais um estado de espirito, okay!

Precisamos ter conhecimentos de nós mesmos, saber do que gostamos e o que nos deixa confortável. Aceitar nossos defeitos, e ter em mente que nossas falhas podem ser vistas como qualidades para outras pessoas, depende do olhar de cada ser. Eu acho as minhas pintinhas do rosto um horror, e outras pessoas me dizem que esse é o meu charme. Não gosto de ser baixinha, e me dizem que isso me deixa fofa e delicada (ás vezes). Essa é a graça de um ser diferente do outro, ter um olhar de ver os detalhes de outra maneira. Essa nossa diferença que nos faz únicos!

A única dica que posso dar agora, de início é: Fuja de coisas iguais! Esqueça as ordens e os conjuntos. Misture suas paixões, porque podemos ser mais que apenas uma coisa só. Eu posso ser delicada e extravagante, clássica e rock, romântica e despojada (risos). Seja você em cada todos os momentos, não importa quantos sejam.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *